Revista Proteção - ED346 - 10/2020

Mais informações

Por: R$ 20,50 Em 2x de: R$ 10,25 No boleto: R$ 19,48

Comprar
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Opção de parcelamento via cartão de crédito
  • 1x de R$ 20,50 sem juros
  • 2x de R$ 10,25 sem juros
Avalie:

Polêmica do momento

A nova polêmica que vem gerando acalorados debates no âmbito da SST é a revogação da Nova Lista de Doenças Relacionadas ao Trabalho aprovada e publicada pelo Ministério da Saúde e que durou apenas 24 horas. O objetivo da lista, que estava sendo elaborada por especialistas desde 2019 no âmbito do próprio Ministério da Saúde é atualizar a antiga introduzindo novos agentes de risco e, por consequência, doenças que não estavam presentes na lista anterior servindo de referência para avaliação clínica e epidemiológica. A inclusão da Covid-19 parece ter sido o pivô da sua revogação embora especialistas expliquem que sua presença - assim como de outras doenças - por si só, não define o nexo ocupacional com o trabalho. A reportagem Atualização negada, a partir da página 24, traz informações mais detalhadas e a opinião de profissionais sobre a questão.
Sobre a revisão das NRs, a última reunião virtual da CTPP definiu calendário até o fim do ano. Foram incluídos apenas ajustes pontuais em algumas normas em razão da publicação das NRs 1,7, 9 e 18 que passam a valer a partir do próximo ano. Nenhuma nova NR deverá sair mais neste conturbado ano. Terminá-lo trabalhando, na medida do possível, e com saúde já será uma vitória.


REPORTAGEM DE CAPA / ENSINO A DISTÂNCIA

A pandemia acelerou o uso do EAD como alternativa para a realização de treinamentos obrigatórios e complementares na área de SST 

O fortalecimento do ensino a distância com a pandemia do novo coronavírus traz seus reflexos também para a área de Saúde e Segurança do Trabalho. Nossa reportagem de capa debate o tema por meio de especialistas, a maioria já atuando com EAD, seja por meio dos treinamentos obrigatórios pelas NRs ou com cursos complementares para profissionais dos SESMTs. Assim como na modalidade presencial, o novo formato também exige uma série de cuidados na elaboração ou contratação de empresa para ministrar os cursos.

 

ENTREVISTA
Engenheiro fala do mercado de EPI
Raul Casanova Junior, diretor executivo da Animaseg, fala do momento vivido no País com relação à proteção individual, perspectivas e aprendizados a partir do estado de calamidade pública provocado pelo novo coronavírus. O engenheiro e administrador de empresas reflete sobre a conscientização da sociedade sobre a importância dos EPIs e a necessidade de uma política de governo que incentive a produção nacional destes produtos.

TOP OF MIND DE PROTEÇÃO
Principal premiação brasileira de Saúde e Segurança do Trabalho completa 25 anos.

ARTIGOS
PLATAFORMAS AÉREAS
Mudanças normativas nas atividades com plataformas aéreas trazem impactos.

NOVOS CONCEITOS
Tecnologia multirrisco é tendência no segmento de proteção pessoal.

O PAPEL DO GESTOR
Economia circular requer adaptação de estruturas, processos e mindset.

ENERGIAS PERIGOSAS

Dimensões:
27.50cm x 21.00cm x 0.50cm
Edição:
346
Marca:
Proteção
Número de páginas:
100
Peso:
199 gramas